quarta-feira, 28 fevereiro 2024
InícioIAAutoHotkeyComo o AutoHotkey pode automatizar a rotina de advogados (incluindo com o...

Como o AutoHotkey pode automatizar a rotina de advogados (incluindo com o ChatGPT)

-

Apesar de hoje existirem inúmeras soluções para automatização da rotina de advogados, a maioria delas são plataformas que oferecem serviços pagos. A adoção dessas soluções em um escritório de advocacia, obviamente, é uma decisão que cabe à gestão e não a cada colaborador.

Para o advogado que quer automatizar as tarefas repetitivas da sua rotina sem depender de orçamento ou de uma decisão da gestão favorável a adotar uma solução disponível no mercado, o AutoHotkey é uma excelente ferramenta. Há uma curva de aprendizado, mas as funcionalidades mais básicas são bem fáceis de aprender e já beneficiam advogados nas suas tarefas rotineiras.

O AutoHotkey é uma linguagem de programação voltada principalmente para simular pressionamentos de teclas e movimentos e cliques do mouse. Ela tem um escopo mais limitado do que outras linguagens mais robustas e é relativamente pouco conhecida entre programadores, já que estes geralmente precisam de ferramentas mais poderosas para fazer seu trabalho.

Se tiver interesse em já começar a usar o AutoHotkey, dê uma olhada nesse tutorial que eu escrevi, que inclui instruções para instalá-lo.

Veja abaixo alguns exemplos de tarefas comuns no dia-a-dia do advogado que podem ser automatizadas com o AutoHotkey:

1. Manipulação de texto

É na manipulação de texto que você verá o AutoHotkey brilhar. Uma das aplicações mais úteis é a formatação automática de texto à medida que você digita:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Da mesma forma, é possível programar o AutoHotkey para corrigir erros de digitação. O Word já tem um auto corretor, mas com o AutoHotkey isso funciona em qualquer lugar em que você estiver digitando, tal como em um navegador, bloco de notas, etc. Se preferir, você pode programá-lo para funcionar apenas com alguns programas.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Também é possível criar abreviações que serão desdobradas em textos maiores:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Para quem redige muitos contratos, é possível automatizar a formatação de determinadas palavras como “termos definidos”:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Como o AutoHotkey é uma linguagem de programação, as possibilidades são inúmeras. Utilizando a mesma lógica da manipulação de texto, é possível transformar uma sequência de caracteres em datas, o que é uma mão na roda para quem, por exemplo, prepara pautas de prazos diariamente. Veja um exemplo de como mapear as teclas para que uma sequência de três “D” se transformem na data do dia atual:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Sugestão de mapeamento de teclas

E exemplos de uso:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Um script mais específico disponibilizado por um usuário da linguagem permite alternar qualquer texto digitado entre caixa alta, caixa baixa, apenas a primeira inicial maiúscula e todas as iniciais maiúsculas. Essa funcionalidade já existe no Word, Outlook e PowerPoint (Shift + F3), mas com o script abaixo é possível fazer isso em qualquer editor de textos, além de ele ter algumas funcionalidades a mais, como inverter o texto selecionado:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

2. Interação com programas do pacote Office

Você já deve ter percebido que quando você aperta a tecla Alt nos programas do pacote Office, aparecem essas etiquetas na faixa de opções:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Elas funcionam como atalhos de teclado para as opções da faixa. Assim, é possível selecionar essas funções sem ter que clicá-las, apenas com o teclado. Na imagem acima, por exemplo, eu poderia apertar a tecla V para mostrar a guia Revisão e dentro dela apareceriam novas opções, cada uma com a sua etiqueta. Normalmente, isso não é muito vantajoso, porque usar o mouse é mais rápido. No entanto, você pode usar o AutoHotkey para criar atalhos para determinadas opções que já não têm atalhos nativos.

Por exemplo: suponha que você tem um documento no Word com controle de alterações que está repleto de balões indicando alteração de formatação. Normalmente, você teria que fazer o seguinte caminho para remover esses balões:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Se você mapear essas ações usando o AutoHotkey e o recurso do Alt do Word, essa ação fica muito mais rápida, sem nem ter que encostar no mouse:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Se você mapear as suas ações mais comuns no Word, em pouco tempo poderá atuar de forma muito mais fluida e eficiente e sem ter que usar o mouse.

3. Interação com PDFs

Se você advoga na área de contratos, provavelmente tem que lidar com PDFs o tempo todo, incluindo revisar contratos que lhe são enviados nesse formato. Você já deve saber que é possível abrir PDFs com o Word, que o converterá para um arquivo .docx para permitir a edição. Caso não saiba, aqui vai o caminho:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Abrindo um PDF para edição no Word (manualmente)

Já com o AutoHotkey, é possível criar uma tecla de atalho que já abre o PDF diretamente no Word:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Abrindo um PDF para edição no Word (com AutoHotkey)

Você também já deve ter percebido que em algumas situações em que você copia um texto de um PDF, ao colá-lo em um editor, o texto vem com algumas quebras de linha que existiam no texto original em PDF, mas que não deveriam existir no editor. Normalmente, nessas situações, você teria que apagar as quebras de linha uma a uma manualmente. No entanto, há um script de AutoHotkey que permite copiar o texto já sem as quebras de linha, de maneira que ao colar, ele aparecerá como um texto contínuo.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Copiar colar normal resulta em quebras no meio da linha; com o AutoHotkey, as quebras de linha são eliminadas e o texto é colado como um parágrafo contínuo

4. Outras utilidades: recortar imagem da tela e integração com o ChatGPT

Um dos scripts mais úteis com os quais já me deparei é o WindowSnipping.ahk. Ele permite, dentre outras coisas, recortar um pedaço da tela e mantê-lo como um “post-it” acima de todas as outras janelas que você tiver aberta. É ótimo para comparar informações de vários pontos diferente de um texto.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Exemplo de recorte de tela como WindowSnipping.ahk

E, além de outras funcionalidades, esse mesmo script tem uma opção para reconhecer caracteres pela tecnologia OCR (Optical Character Recognition), que permite extrair texto de uma imagem ou PDF escaneado que não permita selecionar o texto:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Um PDF escaneado, normalmente não selecionável para copiar e colar como texto, pode ser recortado com o script de AutoHotkey WindowSnipping.ahk para reconhecer o texto e permitir colar e editá-lo

ChatGPT

Por fim, há um script de AutoHotkey que faz uso da API da OpenAI para usar o ChatGPT sem ter que acessar o site da OpenAI. Na prática, você consegue usar a inteligência artificial do ChatGPT em qualquer lugar em que você possa digitar. E o melhor: ele funciona mesmo quando o site do ChatGPT está indisponível pelo número de pessoas acessando. Escrevi mais sobre esse script, inclusive com instruções sobre como instalar o AutoHotkey, neste post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

NOVIDADES

Como instalar o AutoHotkey, criar scripts básicos e automatizar seus documentos

No presente artigo, veremos na prática os seguintes pontos: Como instalar o AutoHotkey; (Opcional) como instalar e usar o Scite4AutoHotkey, um editor de textos específico para desenvolver scripts de AutoHotkey; Como...

Como usar o Chat GPT-3 sem sair do Word (ou qualquer outro editor de textos)

Sofrendo com a indisponibilidade do Chat GPT? E se eu te dissesse que você pode usá-lo diretamente no Word ou qualquer outro editor de textos...

Popular